sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Pasár-guarda

Deixa ela aí...
Deixe e guarde-a!

9 comentários:

Lucas disse...

Não entendi...

Jessika disse...

ahhh... é simples,
a garotinha não quer a borboleta por perto, mas é que ela não sabe ainda que o vôo da borboleta é quase um paraíso, e deve ser guardado.

Lucas disse...

Guardado no pensamento, na memória. É simples, mas é muito complexo.

Fabiele disse...

pq será que homens só sabem de coisas óbvias? haushsua
Mon amour, a vida é feita de coplexidade tmb.

Roberta Blá disse...

Nossa eu adorei o seu blog!!!
As suas escritas são cheias de uma delicadeza intensa..
Volte sempre que quiser ao meu canteiro.
Beeijos flor!

Marina disse...

Guardar na memória. Sortudos aqueles que tem muitos momentos para guardar.

Entro neste blog e sempre me encho de inspiração. Parece mágica. Obrigada.

Pipa. A que sonha. disse...

Sim.


Você é uma constante entrega de amor.

En-can-ta-men-to.


Um beijo

Karla Thayse disse...

Obrigada pelo carinho Flor!
Eu volto logo...
Fica bem!
Beijo grande

MCI disse...

Ei, fadinha...
Saudade!
Um beijo grande!